Salut d'amour

Salut d’amour | Imagem: imdb.com

Salut d’Amour (2015) é um filme do diretor Kang Je Gyu e conta com elenco de grandes nomes do cinema e televisão sul coreanos, como Park Gun Hyung, Yoon Yeo Jeong, Cho Jin Woong, Ji Min Han e é a estreia do Chanyeol (EXO) no cinema. Além do peso desse elenco e de direção impecáveis, vocês terão que lidar com todas as emoções do filme e o sentimento de carinho que fica depois.

Primeiramente informo que nesta recomendação não há muita descrição dos eventos de Salut d’Amour, pois acreditamos que assistir a este filme é uma experiência que deve ser vivida por cada espectador sem interferência prévia, ou seja, sem spoilers do BrazilKorea. Já comentamos sobre o filme aqui, contudo, trouxemos agora uma nova perspectiva reforçando ainda mais a indicação desse filme que tanto emociona.

Sinopse:

Sung Chil é um homem rabugento de 70 anos que vive sozinho e trabalha a tempo parcial no supermercado local. Jang Soo, dono do supermercado e presidente do projeto de reconstrução da cidade, tem tentado, em vão, conseguir o selo de Sung Chil (ele é o último obstáculo e a única razão para o atraso do projeto). Mas Sung Chil rejeita qualquer mudança em seu estilo de vida. Ele encontra sua nova vizinha Geum Nim, uma senhora idosa e muito amigável que dirige a loja de flores ao lado. Apesar de sua idade, Sung Chil é inexperiente e desajeitado no romance. Ele tenta ao máximo mudar para agradar Geum Nim, então todos da cidade tentam ajudá-lo. Porém a filha de Geum Nim, Min Jung, desaprova o relacionamento.” (BrazilKorea).

Cumprimentos e recepções

Antes de assistir ao filme fiquei curioso em saber o motivo dele ser distribuído internacionalmente com o título em francês “Salut d’Amour” enquanto a tradução literal do filme seria algo como “Loja/Empresa do Jang”. Em seguida pesquisei o título no google e vi que é também o título de uma música de Edward Elgar.

Elgar compôs a música “Liebesgruß” e deu de presente de noivado a sua namorada (Caroline Alice Roberts). No entanto, a música fora lançada com alteração no título, passando a se chamar Salut d’Amour para que fosse melhor recebida pelos outros países europeus.

Para ser justo, a escolha do nome do filme ser o mesmo nome da canção citada não é necessariamente uma referência a Elgar, pois, assim são escolhidos os títulos para circularem internacionalmente. Contudo, é de comum senso que a tradução faça sentido e converse com o povo que irá recebê-la. Sendo assim, a tradução do filme muito teria a dizer com quem fosse assistir internacionalmente e a língua francesa não é a mais popular pelo mundo, por isso defendo a relação com Elgar.

Juntamente com a canção, ressaltamos outra obra que está ligada ao filme, sob nossa perspectiva. Roberts havia escrito um poema (The Wind at Dawn) antes mesmo de conhecer Elgar e o presenteou com o poema no noivado também. O noivo compôs uma música para acompanhar o poema. Bonito como eles fazem essas complementações, não é?! Para não estragar a experiência de vocês antes de assistir ao filme, faremos a seguir uma analogia entre o poema e a cena final de Salut d’Amour sem grandes revelações. Abaixo uma foto do poema original em inglês e uma tradução literal que fizemos em português.

Salut d'Amour

Salut d’Amour | Texto da imagem: wikipedia.com

O vento ao amanhecer vem trazer amor

Em suma, a cena final acontece durante uma manhã. E traz retratos do passado e do presente. Enquanto passado ela mostra o sol brilhando forte com seu sorrindo tão largo e empolgado direcionado ao vento que não estava tão entusiasmado e um pouco tanto bravo e envergonhado. Até que o sol diz que o vento é precioso. O vento abre um sorriso com este beijo na testa que o sol havia lhe dado e pede ao sol que não se esqueça dele.

E Geum Nim saiu para encontrar Sung Chil quando a noite se foi. Ela trouxe memórias enquanto ele estava aéreo. Durante essa transição da noite para o dia em que o mundo está cinza, a lua indo embora com sua tristeza e as estrelas morrendo. O sol que também é estrela vem brilhar e não morre. E foi o vento dessa vez que trouxe à sua face um sorriso e um brilho empolgante. O vento foi encontrar este despertar dos dois mundos que se saúdam com amor.

Salut d’Amour é um ótimo filme para assistir com a família e com pessoas queridas. Dessa forma, deixamos aqui uma das mensagens extraídas para compartilhar com quem amamos. São vários os momentos no filme que podemos perceber como as pessoas tendem a se expressar de acordo com o que elas estão sentindo por dentro, sobretudo quando é confuso o modo como elas estejam processando certos sentimentos. Tentem lembrar as pessoas que vocês amam o que há de tão admirável nelas. Isso pode mudar completamente o dia delas como mudou para Geum Nim e para Sung Chil. Façam saudações de amor, amanheçam o próximo!

Trailer do filme: Youtube.com

Fontes: interlude.hk, wikipedia.com, The Wind at Dawn: wikipedia.com, imdb.com, BrazilKorea.com

avatar
About Caio César

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: