receitas coreanas

Livro com receitas coreanas | Imagem: Divulgação

A culinária asiática parece ser uma arte muito complicada ao nosso ver, ocidentais. No entanto, o Centro Cultural Coreano no Brasil e seu livro de receitas coreanas provaram que é mais simples que pensamos. Veja como!

A gastronomia coreana dispõe das mais diversas opções de pratos que acompanham aquele povo desde pequeninos. E, de fato, a cozinha asiática é um enigma para muitos brasileiros. Logo, foi pensando nisso que o Centro Cultural Coreano no Brasil (CCCB), um dos maiores responsáveis pela difusão da cultura sul-coreana em nosso país, lançou um livro de receitas coreanas com o intuito de desmistificar a preparação de pratos característicos da Coreia do Sul. 

O livro ‘Eu amo comida coreana!’ foi lançado no dia 12 de maio no site oficial do CCCB em forma de e-book e 100% gratuito. Nele, os leitores podem aprender a cozinhar quase 30 pratos coreanos como os famosos  kimbap, kimchi e o deokpokki, dentre muitos outros. 

POR TRÁS DAS PÁGINAS

A obra conta com a participação ilustre da professora Cristina Ae Sil Lee e do chef executivo do Hotel Hilton, Rodrigo Mezadri. Os dois, juntamente com o Centro Cultural, organizaram o livro em 5 partes: pratos, acompanhamentos, sopa, molho e bebidas e coquetéis. Além disso tudo, os pratos serão todos produzidos pelo canal do Centro no YouTube, o CCCB Hallyu TV

Todas as receitas foram executadas nas aulas do K-FOOD ACADEMY em 2019, são completas, acompanhadas de comentários que atraem o leitor e o aproxima da obra. Em cada uma delas é apresentada uma foto do prato, o nome da comida romanizado e sua pronúncia em português. Nas páginas do livro sugestões são oferecidas sobre diferentes ingredientes para obter resultados distintos em cada receita, um mais saboroso que o outro. 

DESMISTIFICANDO A GASTRONOMIA

Anteriormente dito, a ideia é desnudar o conceito de dificuldade que os pratos asiáticos carregam. A maioria dos ingredientes como o arroz, os legumes, a glucose de milho, os cogumelos e as pimentas são facilmente encontrados em mercados usuais de bairro. Contudo, os ingredientes mais típicos asiáticos como os gochugaru, gochujang, gematsal kani-kama e dashima são encontrados em mercados especiais para ingredientes asiáticos.

Inegavelmente, o Centro Cultural pensou em tudo e ainda disponibilizou uma legenda nas primeiras páginas caracterizando o que cada ingrediente “diferente” seria. Como o dangmyeon, que seria um macarrãozinho translúcido que é feito de batata-doce. Você já provou?

No fim, para facilitar ainda mais, somos presenteados com uma lista de locais para encontrar os ingredientes típicos asiáticos das receitas, em São Paulo, no Bom Retiro. Ademais, para os interessados nos cursos de culinária coreana oferecidos pelo CCCB, o livro carrega ótimas avaliações de alunos.

Para acessar o livro, clique AQUI

Fonte: brazil.korean-culture.org 

avatar
About Maria Elyza Macêdo

One Response to ‘Eu amo comida coreana!’: livro de receitas do Centro Cultural Coreano no Brasil
  1. avatar

    A comida coreana é mesmo muito interessante.
    Adorei a matéria!


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: