trem levitação magnética, primeiro trem levitação magnética, trem levitação magnética coreano

Imagem: www.urban114.com

Sempre inovando, a Coreia lançou nessa semana seu primeiro trem de levitação magnética. E países como os Estados Unidos, Rússia, Malásia e Indonésia já expressaram interesse em adotar a tecnologia ecológica dos modelos sul-coreanos. Saiba mais.

Este novo trem urbano desenvolvido inteiramente com tecnologia coreana opera na velocidade de 80 km por hora, embora tenha sido projetado para atingir até 110km. Possui seis paradas entre o Aeroporto Internacional de Incheon e o complexo turístico Yongyu-dong, resultando em 6,1 quilômetros percorridos em 15 minutos. A rota está programada para ser expandida futuramente. Foi um total de nove anos e quatro meses para completar o plano do transporte, incluindo a construção e diversas verificações de segurança.

O trem começou a operar no dia 3 de fevereiro. Atualmente, esta é a segunda comercialização bem sucedida do mundo de um trem maglev desenvolvido de forma independente. Ao contrário de trens convencionais, esse tipo de trem não têm rodas, assim possibilitam ao passageiro viajar com um grande conforto, sem ruído e vibrações. Esse trem utiliza a técnica de levitação magnética, ou seja, “flutuam” sobre os trilhos.

A razão para que o Aeroporto Internacional de Incheon tenha sido escolhido como o local para o projeto de teste foi devido ao número de visitantes estrangeiros e o grande desenvolvimento planejado para a área.


Em outubro de 2006, o governo lançou o projeto do ‘Ecobee’, uma nova forma de transporte para cidadãos que vivem na área do aeroporto. Vinte agências governamentais e empresas privadas participaram no projeto, incluindo o Instituto de Máquinas e Materiais da Coreia (KIMM – parte da Universidade de Ciência e Tecnologia) e a Hyundai Rotem. Por volta de 413.5 bilhões de wons foram gastos no projeto.

Como a segunda operadora do mundo desta categoria de trem, a Hyundai Rotem planeja fazer esforços para fornecê-los no exterior. A Hyundai Rotem também trabalha no Brasil, saiba mais sobre a fábrica aqui.

Andar no trem é gratuito, visto que é ainda um projeto piloto. Ele funciona como um serviço de transporte entre o aeroporto e áreas vizinhas, contando com quatro trens funcionando a cada 15 minutos entre às 9:00 e 18:00. O trem pode transportar o total de 230 passageiros. Apenas uma mudança temporária será feita na programação do trem durante as férias do Ano Novo Lunar entre os dias 6 e 10 de fevereiro, como um público maior usará o aeroporto.

Mais detalhes sobre o transporte estarão disponíveis no site do aeroporto em breve (disponível em coreano, inglês, japonês e mandarim).

Aproveite e conheça o sistema metroviário da Coreia, um dos melhores do mundo.

Fontes: Hankyoreh, The Korea Times, e Korea.net. Vídeo por Kojects.

avatar
About Elena Nolding

Editora de Conteúdo Junior (Rio de Janeiro) - Estudante e apreciadora da cultura asiática desde os três anos. Apaixonada pela Coréia do Sul e sua cultura, principalmente a música.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: