Ipchu

Foto: Korea.net

Ipchu (입추) é o 13º de 24 períodos solares no calendário tradicional de agricultura e marca o início do outono para os agricultores tradicionais, que acontece no dia 7 de agosto este ano. Ipchu também marco o meio do ano de plantação, já que o cultivo da “primavera” e do “verão” acabaram e inicia-se novamente no “outono”.

O Ipchu inicia-se quando o sol está na longitude celestial de 135º e termina quando chega a longitude de 150º. Normalmente, o Ipchu cai no 7º mês lunar, que começou no dia 2 de agosto, este ano. Ele está entre o período solar de Daeseo (대서) , ou dia da grande calor, que aconteceu no dia 22 de julho, e Cheoseo (처서), ou dia do fim do calor, que acontece no dia 23 de agosto.

Para as comunidades tradicionais de agricultura, Ipchu é considerado o fim do verão e o começo do outono, que dura até o Ipdong (입동), que representa o inverno, que este ano iniciará dia 7 de novembro.

O clima bom durante o Ipchu é importante para a maturação do arroz e para outros cultivos. Durante a era Joseon (1392 – 1910), se chovesse por mais de 5 dias nesta estação, a Casa Real organizava ritos de sacrifício na capital e nas regiões atingidas pela chuva, com o objetivo de pedir ao Deus da chuva que ela parasse. Os agricultores também tinha costume de prever a colheita com base no clima no dia do Ipchu. Se estivesse claro, céu limpo, eles acreditavam que a colheita seria abundante . Se tivesse chuva pesada era sinal de iminente fracasso. Tempestades nesse dia significavam que haveria pouca colheita de arroz, enquanto tremor de terra indicava que vacas e cabras morreriam na primavera seguinte.

Para o restante da população o outono só começará no do equinócio de outono, que será este ano, no dia 22 de setembro, quando o número de horas do dia e da noite são iguais. Para a comunidade agricultora tradicional do leste da ásia, entretanto, inicia-se no Ipchu.

 

Fonte: Korea.net

 

 

 

avatar
About Leslie Bernicker

Editora Chefe Boletim Informativo. Estudante de jornalismo, apaixonada pela Coreia do Sul, passa horas assistindo a doramas e está sempre a procura de novas bandas no cenário musical coreano.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: