"Homing"

Helvécio Marins Jr. recebe prêmio em Jeonju IFF | Imagem: 전주국제영화제

“Homing”, conhecido em terras brasileiras como “Querência”, concorria junto a outras produções na competição internacional do Jeonju IFF.

O documentário de 90min de duração, dirigido pelo mineiro Helvécio Marins Jr. conta a história de um vaqueiro que se divide entre o sonho de ser um locutor de rodeios. A reviravolta na vida do personagem se dá quando o gado da fazenda em que trabalha, é roubado. Entretanto, os conflitos e traumas que vivencia em cena, vão sendo passo a passo solucionados com o apoio de amigos.

“Homing” já havia sido selecionado para compor a Mostra Fórum do Festival Internacional de Cinema de Berlim – Berlinale 2019. No Jeonju International Film Festival, concorria na competição internacional, junto a outras produções. Sua simplicidade e amplitude imaginativa, conquistaram o júri que conferiu ao doc o Prêmio de Melhor Filme. Como resultado, levou ainda prêmio em dinheiro no valor de 10 milhões de won e um troféu.

Além de “Homing”, outra produção brasileira estrelou a competição, “Sadder than Playtime on a Rainy Day” de Lobo Mauro. Um curta-metragem que explora a momentos históricos brasileiros, envolvendo desde histórias sobre futebol até política.

JEONJU IFF

O Jeonju International Film Festival acontece desde 2000 com o objetivo de dar visibilidade a produções independentes. Além disso, busca apoiar experiências cinematográficas criativas e independentes, extrapolando as fronteiras geográficas. Em sua 20ª edição, contou com cerca de duzentos filmes de diversos países. Que concorreram a prêmios em seções locais e internacionais.

Através do festival, foi desenvolvido o JCP, um programa de financiamento e produção de filmes. Que se consolidou como uma marca independente que apoia desde a etapa de captação de investimento e produção, até a distribuição. Assim permitindo que a cena independente de filmes coreanos e estrangeiros, possa expandir no mercado local e global.

avatar
About Barbara Brisa

Editora de conteúdo (Brasília) - Cientista Social pela Universidade de Brasília, Repórter Honorária pelo Centro Cultural Coreano do Brasil e Co-Fundadora do Maūm Ūmsik. Em constante estudo pela compreensão das coreanidades.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: