Jeonju Bibimbap Festival

 

Jeonju proporcionará à população, a oportunidade de saborear Bibimbap de diversas formas e preços com custos acessíveis com a intenção de globalizar a comida tradicional coreana. A iniciativa é do governo local e da BIBIMBAP Globalization Federation.

Segundo Yang Moon Sik, chefe da Federação, o objetivo é promover o alimento representante da culinária de Jeonju, aos turistas que buscam a cidade, bem como no exterior, por meio de diferentes formas e serviços, com preços acessíveis.

Jeonju é localizada no meio da península coreana e é considerada uma das cidades mais ricas e abundantes culturalmente, além de ser uma das mais antigas e famosas por sua longa história com o Bibimbap. Promove anualmente ainda, o Jeonju Bibimbap Festival, que este ano ocorrerá entre os dias 23 e 26 de outubro, com tema “Delicious Imagination and Joyful Bibim” e uma programação especial que contará com concertos e shows de mágica, um Bibimbap gigante (com aproximadamente 400 porções) e o lançamento de um novo restaurante que oferecerá pratos no estilo Takeway.

Imagem: http://english.visitkorea.or.kr/

Imagem: http://english.visitkorea.or.kr/

O público poderá desfrutar de 40 diferentes formas do prato, incluindo algo semelhante com o que conhecemos como burrito ou “Bungeobbang”.
Os produtos terão preços entre 2.000 e 3.000 ₩, o que representa aproximadamente 1/3 ou 1/4 do custo de uma tigela de Bibimbap oferecido por muitos restaurantes de Jeonju.
Japão, China, França e Alemanha, são alguns dos países que receberão o prato para apreciação.
A ação entretanto, desperta cuidados especiais por parte de seus idealizadores, onde apesar do benefício da popularização, tem preocupação central para que não se perca a essência e originalidade do mesmo, já que é reconhecido como uma comida muito saudável.

Para maiores informações sobre o Festival, acesse AQUI.

Fonte: Korea Times (Ingles)

avatar
About Barbara Brisa

Editora de conteúdo (Brasília) - Cientista Social pela Universidade de Brasília, Repórter Honorária pelo Centro Cultural Coreano do Brasil e Co-Fundadora do Maūm Ūmsik. Em constante estudo pela compreensão das coreanidades.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: