Call

“Call” (콜) trata-se de um filme de suspense em que o enredo envolve uma mulher que vive no presente e faz amizade com uma mulher no passado. O longa com data de estreia para o início do ano nos cinemas coreanos foi adiado em razão da pandemia do Covid-19. Saiba mais sobre essa produção.

O filme Call é dirigido por Lee Chung Hyun e envolve a história de duas mulheres que vivem em temporalidades diferentes. Contudo, ambas estão conectadas por um telefonema. Seo Yeon (Park Shin Hye) vive em 2019, enquanto Young Sook (Jung Song Seo) vive em 1999. Na história, as personagens percebem que estão na mesma residência, porém em tempos diferentes.

Seo Yeon tenta mudar o passado depois de se conectar com alguém que morava na mesma casa há 20 anos. Com um sorriso no rosto, Seo Yeon pergunta a Young Sook: “Há mais alguma coisa com a qual você esteja curiosa?”. Young Sook responde: “Eu mesma daqui a 20 anos”. Após a fala, Seo Yeon fica em silêncio.

O filme inclui a fala: “Se pudesse voltar no tempo, se pudesse conhecer o futuro, mudaria alguma coisa?”. Em seguida, diz: “Tudo muda”. Seo Yeon passa por mudanças drásticas na sua vida enquanto Young Sook parece enlouquecer. No trailer oficial, Young Sook diz em cenas: “Eles dizem que a vida de uma pessoa pode mudar apenas por causa de algo insignificante como esse”. Logo após, Seo Yeon estremece e passa a ficar com medo do toque do telefone.

Além das protagonistas, o filme conta com a participação da atriz Kim Sung Ryung a qual interpretará a mãe de Seo Yeon.  Lee El que interpretará a mãe de Young Sook, uma mulher de intenso amor materno, mas de aparência fria. Além disso, Lee Chung Hyun é o mesmo diretor do curta “Bargain” e o filme Call será seu primeiro longa na direção.

O filme estreia nessa sexta, dia 27 de novembro. Confira o trailer oficial da Netflix:

Fontes: TribernnaSoompiMais Qi Nerds

avatar
About Virgine Borges de Castilho Sacoman

Professora, historiadora, pedagoga, mestranda em Ciências da Comunicação (Unisinos) e pesquisadora vinculada ao Centro de Estudos Asiáticos (UFF). Gosta de assistir Kdramas, Kmovies e ler livros da literatura coreana. Áreas de maior interesse: produtos culturais da hallyu, hallyu no Brasil e América Latina, Kmovie e suas representatividades.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.