A designer Lee Kyoung-jae

Fonte: https://goo.gl/6bNKat

A nova onda dos casamentos coreanos é o minimalismo, uma cerimonia pequena e significativa. Contudo, para alguns significa um casamento monótono e careiro, organizado pela indústria casamenteira da Coréia.   Assim, a designer Lee Kyoung-jae tenta mudar essa tendência desde 2006, com a sua ideia de “Sewing for the Soil” (Costura para o Solo). Sua pegada mais ecológica afirma que o casamento deve ser mais voltado a menos consumo e a menor desperdício.

A artista de 37 anos oferece uma cerimonia completamente eco-fantástica. O casamento é em local privado ou em uma prefeitura, o vestido é feito de fibra natural e renovável. E a designer até mesmo reforma as roupas após o evento para que elas se tornem roupas casuais para a vida diária.

O buque também não é u item descartável nessa cerimonia. As flores são organizadas juntamente com suas raízes para que possam ser replantadas após o casamento. Panos e flores usados para decoração são dados pelos próprios convidados. Após a cerimonia são transformados em sacos ecológicos e pequenas plantas.

O processo de preparação do casamento dura de três a quatro meses, às vezes pode chega até seis meses. Esse tempo serve para inserir as vontades dos noivos na forma de preparo da cerimonia incluindo programa, vestuário e decoração.

Com a tendência de pequenos casamentos crescendo, o número de clientes teve um aumento substancial nos últimos anos. Antes, a designer planejava dois a três casamentos por ano, a partir de 2010 o número mudou para 20 a 30.

Em 2013, Lee Kyoung-jae planejou o casamento da estrela Lee Hyo-ri. O estilo simples e humilde atraiu atenção do público coreano e inspirou muitos jovens a buscar uma temática semelhante. A influência dos pequenos casamentos das celebridades ajudou a mudar a opinião do público sobre o tipo de evento.

A atriz Lee Hyo-ri no dia de seu casamento

Fonte: https://goo.gl/sPza9k

Lee conseguiu um trabalho na emissora local SBS logo após formar, porém afirma que não conseguia conviver com a rotina. Após deixar o trabalho aos 25, continuou a estudar na Kookmin Graduate School of Design. Essa escola  ensina design ecológico e vestuário de PLA (substituto de plástico feito de amido de milho fermentado).

Ela, então expandiu para o mundo dos vestidos de noiva. E realizou um desfile com vestidos de noivas feitos de PLA em 2005. Após o desfile, uma noiva a contatou e pediu um design para o seu dia especial. E assim nasceu o negócio de Lee Kyoung-jae.

Suas ideias cresceram, bem como seu negócio, tornando-a a pioneira do estilo “casamento de vila”.  São casamentos que beneficiam a economia de pequenas vilas, sendo que as pessoas que habitam o lugar que preparam o seu casamento. Chefes preparam a comida, mulheres que tiveram que abandonar suas carreiras para criar crianças, decoram e gerenciam a cerimônia; e um cabeleireiro do bairro faz o seu cabelo.

O projeto da designer só atua em Seongbuk-gu, no norte de Seul, mas ela sonha em expandir para o país inteiro. Por enquanto, ela gosta de desafiar a cultura de casamento Gangnam-cêntrica, onde tudo é centrado na área rica de Seul.

Para saber mais: Soompi , Meng News.

avatar
About Lia Carvalho Kesselring

Editora de conteúdo (Brasília) – Futura Internacionalista, mineira germânica candanga. Gosta de 4Minute (K-pop) à Mozart, de Personnal Taste (k-drama) à Game of Thrones, e de Bulogi (churrasco coreano) à Queijo com Doce de Leite.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: