Imagem: www.dramastyle.com

Imagem: www.dramastyle.com

O filme “Ode to My Father” está aquecendo o coração do público coreano neste inverno rigoroso. Após oito dias de seu lançamento, ele se tornou o filme mais visto nessa semana com mais de 2 milhões espectadores. O retrato realista da vida e da sociedade da década de 50 e é considerado a chave para o sucesso.
O filme se passa na Coréia dos anos 50 aos anos 80 e, apesar de ser uma ficção, ganhou a simpatia do público, pois se baseia em fatos reais.

O filme começa com a evacuação da cidade de Hungnam, durante a Guerra da Coreia. Os membros da família do protagonista, Deoksu, escapam do regime comunista e seguem para o Sul do país. Milhares de famílias coreanas foram separadas ao embarcarem nos navios de guerra norte-americanos. E a familia de Deoksu, não foi excessão. Ele acaba se perdendo de sua irmã mais nova e de seu pai. A partir daí o filme segue a trajetória de Deoksu e o acompanhamos por todos os momentos marcantes e importantes de sua vida.

O diretor do filme,Yoon Je-kyoon, explicou o propósito de ter feito este filme: “Este filme é dedicado à geração dos nossos pais, que dedicaram suas vidas ao máximo durante os tempos de dureza, exaustão e intensidade. ”

Confira o trailer do filme:

Fonte: Korea.net

avatar
About Jessica Lellis

Editora Chefe (Belo Horizonte - MG) Jornalista por formação e comunicóloga por vocação. Tão apaixonada pela cultura coreana, que fala e escreve sobre ela o tempo todo. Trabalha a finco para quebrar os pré conceitos que se existe em relação a Coreia.

One Response to Filme Ode to My Father retrata passado da Coreia
  1. avatar

    […] Ode to My Father (국제시장) – A história coreana moderna dos anos 50 aos anos 80, é descrita através da vida de um homem comum e de suas experiências durante a Guerra da Coreia. Ode to my father alcançou em 8 dias mais de 2 milhões de espectadores e registrou sucesso de bilheteria na Coreia. Duração: 126min | Ano de lançamento: 2014 | Gênero: Romance, Drama […]


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: