fotografia de rua

Imagem: Alexandre Disaro

A fotografia de rua em uma viagem pode ser artística e documental, conferindo ao espectador uma visão de como é o local. Ela pode aguçar sua curiosidade e mexer com a suas emoções. Você chega a se importar com a pessoa retratada a ponto de se questionar para onde ela estaria indo aquele momento.

Seul não foi exceção. Desde o momento que cheguei sabia que o tempo que permaneceria na capital estava fadado a ser insuficiente. Tanto o cenário urbano quanto as pessoas e as cores de outono me conquistaram; rendendo momentos que guardarei para sempre.

Como viajantes, temos a oportunidade de mostrar uma cidade através das nossas fotos. Uma série pode criar uma história sobre pessoas desconhecidas e render uma perspectiva única. Dizem até que é possível sentir o cheiro da cidade através da fotografia. Pessoalmente, acho a fotografia de rua uma das modalidades mais difíceis de se executar com maestria. Saber o momento exato da captura para transformar uma cena, aparentemente normal, em algo interessante é desafiador. Como se sentir confiante para tirar fotos de pessoas estranhas e lidar com suas reações?

Com o passar dos anos, adquiri mais confiança para fotografar o dia-a-dia das cidades e notei um padrão no comportamento das pessoas. Não posso generalizar, mas a maioria gosta de ser retratada. Gostaria de compartilhar cinco dicas para encorajá-lo a fotografar durante suas próximas viagens:

Apenas tire a foto
Na maioria das vezes, as pessoas não se importarão. O momento decisivo surgirá tão rápido quanto irá embora.

Interaja e capte a interação
Há algo de especial numa imagem em que é possível constatar a interação com o fotógrafo. Capturá-la, seja um sorriso ou uma carranca, instiga a curiosidade dos que veem a foto.

Fotos durante o dia são mais fáceis que à noite
Fotos à noite podem ficar lindas, entretanto, requer um pouco mais de técnica e bom senso. Treine durante o dia antes de se aventurara à noite.

Crie um projeto
Um projeto ou um ensaio lhe servirá de múltiplos propósitos.

Não há regras para a fotografia de rua
Ache o seu próprio estilo, sua maneira de fotografar, seus personagens e seu jeito de editar o conteúdo.

E claro, a dica mais importante é: divirta-se!

Acesse o post completo no Viver a Viagem, veja fotos e confira as dicas na íntegra para melhorar a sua fotografia de rua.
Siga minha página no Facebook e Instagram
Até mais!

avatar
About Alexandre Disaro

Editor associado (São Paulo) - Internacionalista de formação e fotógrafo por opção. Gosta de viajar e conversar sobre; cozinhar para amigos; passar horas praticando caligrafia; aprender idiomas; escrever; estudar bandeiras e tomar chá. www.alexandredisaro.com (site como fotógrafo) www.disaro.co (site do blog de viagem)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: