Amigos da embaixada

“Por que eu me considerado um amigo (a) da Coreia?”

Essa foi a pergunta feita pela Embaixada da Coreia do Sul para o concurso que movimentou as redes sociais dos amantes da cultura.

Foram escolhidos jovens de algumas regiões do país a fim de, auxiliar a embaixada na disseminação cultural nos eventos. Afinal os escolhidos como Amigos da Embaixada são como um elo entre os projetos da embaixada e as suas respectivas cidades.

E vamos saber mais sobre duas, dos 7 escolhidos como Amigos da Embaixada.

BrazilKorea – Há quanto tempo gosta da cultura asiática e em especial da Coreia do Sul?

Hila Romena: Já são 12 anos “consumindo” Coreia (risos). Comecei a acompanhar cultura asiática no auge dos meus 14 anos, por influência de uma prima. Eu assistia animes e participava de eventos onde a cultura Japonesa estava em evidência. Até que descobri o k-Pop em 2008 através do grupo TVXQ, logo em seguida, os doramas. Daí para frente foi caminho sem volta. Passei a me interessar por aprender mais sobre a Coreia do Sul, os costumes, a história, o idioma, e claro, a sonhar em visitar o país um dia.

Carmencita Macau: Meu primeiro contato com a cultura asiática foi na infância, pois sou descendente de chinês, e através de animes que amava assistir. Com o passar dos anos acabei deixando os animes de lado, mas o interesse pela Ásia seguia firme. Há mais ou menos 2 anos comecei a despertar a curiosidade pela cultura coreana, devido a um programa de entretenimento, sugerido pelo YouTube. Desde estão sou apaixonada por esse país.

BrazilKorea – O que você espera/ achou do evento e a importância dele para os amantes do K-word?

Hila Romena: O Festival da República da Coreia foi um evento completo e para TODOS!

Quando a Embaixada nos comunicou sobre o evento on-line em razão da impossibilidade dos encontros presenciais por causa da pandemia, confesso que fiquei receosa. Tinha medo do público não comprar a ideia, e eu sabia todo o trabalho que envolveria realizar um evento nesse porte, sendo totalmente virtual.

Mas o fato era que os amantes do K-Word estavam órfãos de eventos e na medida em que as coisas foram acontecendo, o processo de divulgação, a programação preparada tão cuidadosamente, abarcando TUDO do k-World, desde assuntos como bolsa de estudo, culinária coreana, roupas tradicionais, música, apresentação da sede da Embaixada, até um concurso on-line de cover, eu percebi a grande importância do Festival. Isso porque o formato on-line permitiu que todas as pessoas do Brasil que curtem cultura coreana tivessem acesso direto a um conteúdo de excelência produzido pela Embaixada.

Carmencita Macau: Esse evento serve para quebrar barreiras que possam existir entre os brasileiros e a República da Coreia. Espero que seja um momento em que as pessoas possam apreciar a cultura coreana, entender mais sobre esse país, tirar suas dúvidas, e quem sabe até traçar planos.

BrazilKorea – Como foi ter sido escolhida no concurso realizado pela Embaixada da Coreia?

Hila Romena: Foi sensacional! Eu realmente não esperava ser escolhida, principalmente depois de ver tantas inscrições e todas de pessoas tão apaixonadas e envolvidas com a cultura coreana. Pensei inclusive em desistir de enviar meu vídeo de inscrição. Pensar no tamanho que era essa oportunidade me fez prosseguir e então fiz o melhor trabalho possível para a Embaixada me notar (risos). Até GIF para o insta eu criei, fiz uma campanha para todas as pessoas que me conhecem postar confirmando que eu era uma “Amiga da Coreia”. Recebi vídeo até das minhas chefes (risos). No final deu super certo e estou muito feliz em fazer parte desse projeto.

Carmencita Macau:. Sabe aquela empolgação de ter passado em uma prova final ou entrado na faculdade? Foi parecida (sou um pouco exagerada mesmo), uma sensação maravilhosa. Lembro que nesse dia sai pulando pela casa de tanta felicidade.

BrazilKorea – Para você o que é ser um Amigo da Coreia?

Hila Romena: Ser Amigo da Coreia é se dispor a conhecer cada vez mais sobre a Coreia do Sul e passar esse conhecimento adiante.

Carmencita Macau:. Sinto uma grande afeição pela República da Coreia e como amiga tenho o prazer em compartilhar para as pessoas sobre ela. Seria um compromisso em criar, manter e ampliar laços de amizade entre culturas tão distintas, como o Brasil e a República da Coreia.

BrazilKorea – Já tinha participado de algum evento assim?

Hila Romena: On-line? Não. Mas de eventos de cultura coreana sim! Inclusive quando comecei a curtir esse mundo na minha cidade não existia nada voltado para k-pop e afins. Eu precisava viajar de Natal (RN) para Recife (PE) para poder curtir os festivais. Confesso que eu amo esse tipo de aglomeração (risos). Amo o clima dos eventos de cultura coreana, amo saber que todos ali compartilham de gostos e sonhos comuns aos meus. Me sinto em casa.

Carmencita Macau:. Ano passado tive a oportunidade de participar um pouco da organização de um evento anual que ocorre na cidade em que moro, o Festival da Cultura Coreana em Pernambuco. Infelizmente não pude participar, devido a problemas de saúde.

BrazilKorea –  Por último, mas não menos importante qual grupo ou artista de K- Pop você curte e qual seu K-Drama, ator e atriz preferidos?

Hila Romena: Pergunta muito difícil para alguém multi fandom (risos). Mas vou escolher o grupo TVXQ como meu preferido, por ter sido o grupo que me fez “cair” nesse mundo. Além dos integrantes serem profissionais incríveis que enfrentaram inúmeros desafios, mas ainda promovem e com excelência.

Meu k-drama preferido SEM DÚVIDAS é Goblin. Tudo nesse dorama é lindo! A OST, a história, a fotografia, os atores (risos) e as atrizes também. Inclusive meu ator preferido interpretou o ceifador em Goblin, o Lee Dong-wook. Já minha atriz preferida é a Seo Hyun Jin que protagonizou o dorama “Another Oh Hae Young”.

Carmencita Macau:. Difícil de escolher, pois, todos são bons. Em relação ao k-pop, gosto muito do grupo Nu’est e do cantor Lee Young Hoon. Quanto ao k-drama, gostei muito do “Something in The Rain”. Meus atores preferidos são o Kim Ji Soo, Park Seo Joon e Son Ye Jin.

BrazilKorea – Deixe uma mensagem para os leitores.

Hila Romena: Para todos os amantes da cultura coreana, que buscam se aproximar cada dia mais desse País encantador, que querem viajar para a Coreia, que viram noites assistindo doramas, que desejam ir a shows de k-pop, que iniciaram os estudos de Hangul, vocês não estão só. Na verdade, fazemos parte do pequeno grande grupo seleto de sonhadores que pouco a pouco reduzem a distância existente entre o Brasil e Coreia. Vamos juntos nessa jornada.

Carmencita Macau:. Venham acompanhar a Embaixada da Coreia e os amigos da embaixada nas redes sócias, pois vamos trazer algumas novidades para os próximos meses. Agradeço a BrazilKorea pelo contato, e a todos os leitores pelo carinho e atenção.

Rede sociais das meninas:

Carmencita Macau (mas pode chamar de Cacau)

Hila Romena

Quer saber mais do que rolou durante a semana do Festival da Republica da Coreia? Clica nos links abaixo:

Abertura

Programação

 

avatar
About Aline Dayane

Editora (Olinda - Pernambuco) Pedagoga que ama o que faz, adora ler sobre ficção científica e prefere os livros físicos. Aficionada pela cultura asiática e em especial pela Coreia do Sul. Uma espectadora assídua de dramas, filmes e uma kpoper eclética. Cheia de sonhos, buscando vivê-los pouco a pouco.

2 Responses to Entrevista com os Amigos da Embaixada
  1. avatar

    Nossa super top a entrevista, ainda bem que também moro em Recife, pela oportunidade mesmo de estar mais perto dos eventos, inclusive o Festival que tem aqui é super legal.

  2. avatar

    Nossa que legal! Ela deve ser especialista! Kkkkkkkkkkkk
    AMEI!


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: