Yeongwol

Imagem: http://english.visitkorea.or.kr/

Yeongwol possui enorme apelo turístico. A região está localizada a 190km de distancia ao norte de Seul. Tendo 85% de sua área total coberta por florestas e várias das belezas naturais que atraem vários turistas para a região.

Para os turistas que amam trilhas e belas paisagens, a sugestão em Yeongwol é a Caverna Gossi  e o Penhasco Seondol. A caverna, que possui cerca de 400 milhões de anos, mantém uma temperatura agradável de 16ºC durante todo o ano e abriga quatro lagos, três quedas, dez praças (espaços abertos), além de uma disposição harmoniosa de estalactites, estalagmites e colunas de pedra que formam um belo espetáculo visual. O penhasco, localizado as margens do rio Seo, possui 70 metros de altura e é um destino popular entre os turistas por possibilitar uma bela vista do rio da região ao redor. Há ainda um ditado que diz que se você fizer um desejo no penhasco, ele vai se tornar realidade.

Que tal aproveitar uma experiência única ao praticar rafting no Rio Dong (Donggang)? A duração é de 2 a 4 horas, dependendo do percurso, o grau de dificuldade e o nível de água. Cada barco é acompanhado por instrutores de segurança qualificados, e o melhor período para a prática é entre o final de julho e início de agosto já que as águas atingem o nível perfeito para as corredeiras.

Os amantes de fotografia não podem deixar de visitar em Yeongwol o Museu de Fotografia Dong Gang, onde acontece  o Festival Internacional de Fotografia de Dong Gang. O museu é composto por três salas de exposições e uma galeria ao ar livre. A coleção inclui fotografias doadas por fotógrafos que participaram do Festival Dong Gang e cerca de 1.500 fotos tiradas e doados por moradores do condado. Também estão expostas cerca de 130 câmeras clássicas.

Curiosidades:

A região é famosa como o lugar onde o Rei Danjong, o sexto rei da dinastia Joseon, foi exilado, ao ser forçado a abdicar por seu tio, e enterrado depois de ter sido foi assassinado em 1457. Sua tumba é considerada como Patrimônio da Humanidade pela Unesco. É também onde o poeta Kim Sakkat  está enterrado.

Para mais informações clique AQUI (inglês)

Fonte: visitkorea.or.kr

Este artigo faz parte do projeto “Korea Tourism Global Super Connector 2015” criado pela Korea Tourism Organization

avatar
About Alcina Knabben

Editora Executiva (Florianópolis - SC) - professora universitária, mestre em administração, apaixonada pela Coréia (negócios, maquiagem, comidas e TV) tem se dedicado a importação e a divulgação da cultura coreana.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: