Andong jjimdak

IMAGEM: photo.nanbean.net

Recentemente fizemos um post sobre jjim, um tipo de “cozido” da culinária coreana. Nesse post vamos falar sobre um tipo especial de jjim: o Andong jjimdak (안동찜닭). E esse prato é próprio para aquelas pessoas que não conseguem comer um kimchi jjigae ou um tteokbokki, ou seja, não aguentam as comidas coreanas muito apimentadas.

O nome Andong no prato é  de uma cidade coreana, onde esse prato é muito famoso. Há muitas especulações sobre a origem do prato. Uma delas é que ele é uma especialidade Andong desde a Era Joseon, sendo preparado e consumido em ocasiões especiais. Outra hipótese é que durante a década de 1980 na golmok Dak (닭 골목, literalmente “beco frango” ) do Mercado de Andong, os proprietários dos restaurantes criaram um prato incluindo ingredientes que todos gostavam, que se tornou o atual Andong jjimdak. A especulação mais plausível entre pressupostos existentes é que os comerciantes do golmok Dak no mercado criaram a prato para manter a sua posição contra a rápida expansão de lojas ocidentais fritos de frango.

Esse prato pode ser encontrado também em outra localidades. Normalmente o Andong jjimdak possui algumas variações locais e por isso pode ser encontrado com outros nomes, mas com o jjimdak sempre no final. Esse prato é muito consumido nos bares noturnos e fácil de ser encontrado nas áreas mais badaladas da Coreia e também de Seul.

O Andong jjimdak é um cozido ou guisado de frango com legumes (batatas, cenoura, etc) marinado em molho de soja, Apesar do que foi dito na chamada do post, de que esse prato é próprio para quem não aguenta comer muita pimenta, na verdade não é bem assim. O prato original é bem apimentado, pois leva pimenta fresca vermelha e verde. Porém em Seul mais especificamente, é possível encontrar restaurantes que fazem esse prato com diferentes níveis de pimenta e inclusive sem. Isso porque ele já é bem temperado com outros temperos e ingredientes Isso é bem diferente de outros tipos de pratos coreanos, onde as pimentas gochujang e gochugaru são essenciais para o tempero do prato, e por isso não podem ser retirados da receita.

A receita é bem fácil de fazer e leva ingredientes bem comuns e fáceis de ser encontrados, pois são comuns da culinária japonesa. Clique aqui para ver os ingredientes necessários e o passo-a-passo da receita.

Fonte: queraprenderacozinharcoreia,  vintageamy.blog.meaeriskitchen.comphoto.nanbean.net

avatar
About Lilian

Editora Associada (Belo Horizonte) - Estudante de moda que escolheu a Coreia do Sul para intercâmbio em 2012/2013, sem saber nada sobre o país, em busca de conhecer algo totalmente diferente. Hoje continua apaixonada pela Coreia, principalmente pela cultura, culinária, idioma e artes em geral. Mantem o blog http://queraprenderacozinharcoreia.blogspot.com.br/ onde ensina o passo-a-passo de receitas de pratos coreanos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.