kim degunComemora-se em 20 de setembro o dia de São Kim Degun. Conheça mais sobre o santo que é o padroeiro da igreja católica da comunidade coreana em São Paulo.

André Kim Degun (1821 – 1846) foi um religioso católico coreano. Nascido em uma família nobre coreana, aos quinze anos converteu-se, com seus pais, ao Catolicismo e foi enviado pelos fiéis coreanos para Macau, para estudar teologia.

Ele foi o primeiro sacerdote e missionário de etnia coreana e dedicou a sua vida para cristianizar a sua Pátria. Foi decapitado em 1846, aos 25 anos de idade, tornando-se assim o primeiro mártir coreano. Ele e os seus 102 companheiros católicos, que foram igualmente martirizados, foram canonizados por João Paulo II, durante a sua viagem à Coreia, no dia 6 de Maio de 1984.

Nas metrópoles, como São Paulo, além das paróquias territoriais, existem as comunidades católicas voltadas para grupos étnicos, como os japoneses, chineses, italianos, hispano-americanos, alemães, franceses. Todas elas têm um forte significado missionário e ajudam a acolher pessoas e a cultivar, expressar e transmitir as riquezas da mesma fé e da vida cristã.

Na década de 1960, chegaram ao Brasil vários grupos de imigrantes coreanos. Os católicos coreanos, que no início, contavam apenas umas poucas famílias, sentiram a necessidade de se organizar em comunidade e de terem a assistência religiosa da Igreja. Em 1965, com as bênçãos do cardeal Agnelo Rossi, então arcebispo de São Paulo, foi celebrada na igreja de São Gonçalo, perto da Catedral da Sé, uma primeira missa para cerca de 40 católicos coreanos. A comunidade católica coreana em São Paulo, está comemorando este ano os 50 anos do seu início na Metrópole paulistana.

Em 1972, foi criada a paróquia pessoal Nossa Senhora Rainha, para a comunidade coreana, cuja sede passou por vários bairros, como Ipiranga, Aclimação e Liberdade. Em 1990, foi iniciada no Bom Retiro a construção da atual igreja e de uma sede paroquial ampla e funcional. Inaugurada em 2004, a igreja recebeu o nome de Santo André Kim Degun, que foi o primeiro sacerdote mártir da Coréia. Atualmente, a comunidade agrega cerca de 3.600 fieis de origem coreana e tem ricas e variadas expressões de vida eclesial, social e cultural. 

A Igreja de São Kim Degun localiza-se na Rua Nair de Teffé, 147 e guarda tambem muitas lembranças a muitos fãs  da Coreia, pois sediou em 2013 o Festival da Cultura Coreana organizado pelo site Kpop Station.

Fontes de images: panoramio.com e arquisp.org.br

Fontes de texto: cnbb.org.br e wikipedia

 

avatar
About Alcina Knabben

Editora Executiva (Florianópolis - SC) - professora universitária, mestre em administração, apaixonada pela Coréia (negócios, maquiagem, comidas e TV) tem se dedicado a importação e a divulgação da cultura coreana.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.