ramyeon

Imagem: Brazilkorea

A paixão dos coreanos por ramyeon (라면) é bem conhecida e expressa em vários filmes e dramas. Saiba mais sobre as principais marcas e sabores do macarrão instantâneo coreano.

O macarrão instantâneo é um prato típico da culinária japonesa criado por Momofuku Ando e lançado pela empressa Nissin Foods em 1958. É constituído de um macarrão pré-cozido, normalmente lámen, que pode ser preparado apenas com o acréscimo de água. Na Coreia ele é conhecido como ramyeon (라면).

Conhecedores da cultura coreana sabem da popularidade do ramyeon (라면). Vários motivos explicam-na, a facilidade e rapidez do consumo, além do preço acessível. Durante os últimos 50 anos, o país passou por uma rápida industrialização e crescimento econômico, onde o trabalho e as cargas horárias extenuantes eram normais, portanto uma refeição rápida e barata vinha ao encontro das necessidades dos trabalhadores.

Na Coreia do Sul, o macarrão instantâneo foi produzido pela primeira vez pela empresa Samyang, em 1963, sob a assistência técnica da Myojo Foods Co. do Japão que forneceu equipamentos de fabricação. A sua preparação rápida, fácil e o preço barato tornou-o rapidamente popular . O consumo do macarrão instantâneo é mais comum do que de macarrão não-instantâneo. A palavra ramyeon (라면), geralmente, significa o tipo instantâneo. A maioria das barracas de comida na rua oferecem macarrão instantâneo em seu cardápio, e é comum encontrá-lo e consumi-lo em lojas de conveniência.

O ramyeon (라면) é, em geral, bastante apimentado. A mais antiga e famosa fabricante coreana é a Nongshim que comemorou 50 anos em 2015. Entre os vários sabores está o Shin Ramyun (신 literalmente “picante”) o mais vendido na Coreia do Sul. Sendo tambem popular na China e nos Estados Unidos e exportado para mais 124 países ao redor do mundo.

Os 10 sabores de ramyeon mais vendidos na Coreia são:
ramyeon

Imagem: Facebook kfoodworld

Os ramyeon são tão famosos na Coreia que teve até hamburger com ele (leia a matéria AQUI).

No Brasil, é possível encontrá-los em algumas casas de produtos asiáticos importados. Em São Paulo, nos mercados coreanos do bairro Bom Retiro há grande diversidade de sabores a escolha dos clientes, assim como no bairro Liberdade.

Nota do BrazilKorea: O macarrão coreano (que lembra o spaguetti) é chamado de “guksu”, em coreano nativo, ou “myeon”, em sino coreano, sendo consumido quente ou frio. Já o macarrão instantâneo (que muitos conhecem pela marca Miojo) é denominado “ramyeon” ou “ramyun”.

Fontes: businesskoreawikipedia e kfoodworld

Primeira publicação: 21/03/2016

avatar
About Alcina Knabben

Editora Executiva (Florianópolis - SC) - professora universitária, mestre em administração, apaixonada pela Coréia (negócios, maquiagem, comidas e TV) tem se dedicado a importação e a divulgação da cultura coreana.

4 Responses to Ramyeon (라면) – o macarrão instantâneo coreano
  1. avatar

    Eu sou alérgica à frutos do mar. Já procurei ramyeon que eu pudesse experimentar, mas os que encontrei no Brasil tinha frutos do mar na composição e não pude comê-los. Existe algum (mesmo que seja apenas lá na Coréia) que não os tenha na composição?

    • avatar

      Ola Letícia! sugerimos que vc entre em contato com o mercado Otugui em SP. Como eles são importadores eles podem lhe ajudar. Segue o link do facebook deles:

    • avatar

      tem os oolongmen nos sabores carne e frango que não indicam frutos do mar em sua composição, e indicam que não possuem contaminação em suas embalagem. Tem pra vender na net

  2. avatar

    Eu gostaria de um dia conhecer coreia do sul, eu conheci através do seriado, eu até comprei a bebida soju para experimentar e gostei, é muito e comida parece que é uma delicia, eu tenho que provar um dia, a unica coisa que eu não posso comer fruta do mar e peixe, tudo que vem do mar não posso comer, porque eu sou alérgica e infelizmente


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.