dragões-coreanos

A imagem dos dragões tem sido usado extensivamente, tanto na mitologia coreana, quanto na sua antiga arte. Conheça mais sobre essas criaturas fascinantes e suas representações na Coreia.

Os dragões, na cultura coreana, representam poder, dignidade e majestade. Durante o reino de Joseon (1392-1910), somente os reis podiam usar o dragão como seu símbolo. Eles usavam um manto de dragão (곤룡포 “gollyongpo”), bebiam de garrafas com imagens de dragões e carregavam a bandeira de dragão amarelo (황룡기 “Hwangryonggi”), quando inspecionavam o exército.  O próprio trono do rei (용좌 “Yongjwa”) era decorado com dragões em relevo!

Essa criatura mística é associada especialmente com a água. Enquanto a maioria dos dragões na mitologia europeia está ligada aos elementos de fogo e destruição, os dragões na mitologia coreana são principalmente seres benevolentes relacionados à água e à agricultura. Considerados como seres que atraem as nuvens e as chuvas, acredita-se na Coreia que esses seres residem em oceanos, lagos, rios e até mesmo lagoas!

Nas regiões à beira-mar, as pessoas detinham o “Yongwang-gut”, um ritual xamânico que honra o rei do dragão que viveu no mar e estava encarregado da água e da chuva. Eles ofereciam o “eobuseum”, arroz cozido embrulhado em papel branco, para o rei dragão no dia da primeira lua cheia do ano, desejando boa sorte ao longo do próximo ano.

Os textos antigos às vezes mencionam dragões de fala sensível, capazes de compreender emoções tão complexas como devoção, bondade e gratidão. Uma lenda coreana fala do grande rei Munmu, que em seu leito de morte desejava se tornar um “Dragão do Mar do Leste para proteger a Coreia”.

Os Imugis

Geralmente são descritos como  dragões menores nos mitos e folclores coreanos e acredita-se que a maioria dos dragões são inicialmente Imugis (이무기). Se assemelhando a uma gigantesca serpente do mar, geralmente sem chifres. Imoogi significa literalmente “Grande Lagarto”, a lenda conta que uma menina teria uma marca em forma de dragão em seu ombro, um sinal que prova que ela é o Imugi em forma humana, que depois se transformou em Imugi em seu aniversário de 17 anos.

Imugis no filme coreano D-War

Imugis no filme coreano D-War

Existem algumas versões diferentes no folclore coreano que descrevem o que são imugis e como eles aspiram a se tornar dragões de pleno direito. Diz-se que são grandes, benevolentes, como as criaturas python que vivem na água ou cavernas, e seu avistamento está associado com boa sorte.

Cockatrice coreano

A cockatrice coreana é conhecida como gye-lyong (계룡 / 鷄 龍), que literalmente significa frango-dragão; tem características semelhantes as criaturas lendárias chamadas de Basilisco, e também não aparecem tão frequentemente como dragões. Às vezes são vistos como animais que puxam carros para importantes figuras lendárias ou para os pais de heróis lendários.

Várias versões de Cockatrices

Várias versões de Cockatrices

Uma dessas lendas envolve a fundação do Reino de Silla, cuja princesa foi dito ter nascido de um ovo cockatrice. É também a origem do nome para a cidade de Gyeryong na província de Chungcheong do sul.

 

Quer saber mais sobre a mitologia coreana? Continue acompanhando o BrazilKorea para outras informações!

Fontes de texto e imagens: koreasociety, Pinterest.com, Wikipédia, Karlshuker e Koreatimes, The Mythical Creatures Bible: The Definitive Guide to Legendary Beings, Looking for a Mr. Kim in Seoul: A Guide to Korean Expressions.

avatar
About Mariana

Estudante universitária de História, se especializando em História da Ásia. Apaixonada pela cultura Asiática em geral, ama dramas asiáticos, músicas, show de variedades, além de mangás, jogos e animes, principalmente do Studio Ghibli. Um dia acredita que sobre tempo para curtir tudo isso e comece seu tour pela Ásia a partir da Coreia!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: