World Travel in Seoul

Imagem: seoul.go.kr

Em 22 de julho, do Governo Metropolitano de Seul publicou um guia de viagem intitulado: World Travel in Seoul (Volta ao Mundo em Seul). O guia apresenta várias histórias sobre a  imigração em Seul e as pessoas estrangeiras que têm influenciado a cidade.

Publicado em coreano, inglês, chinês e japonês, o guia World Travel in Seoul está dividido em capítulos onde é possível definir trajetos e endereços completos de diversas atrações. Mostrando o lado cosmopolita de Seul e sua pluralidade étnica, representada pela cultura de vários países presentes na cidade.

Chinatown em Myeongdong

Este capítulo oferece um tour em Myeongdong, destacando a influência chinesa na região, apresentando uma perspectiva única sobre o famoso paraíso de compras da cidade. Os dois exemplos mais proeminentes da presença chinesa neste bairro são, a embaixada da China e a Escola Primária Chinesa Hanseong Overseas. Contém tambem descrições de restaurantes chineses, lojas que vendem chá tradicional e lembranças de celebridades coreanas escritas em chines, além do endereço de lojas estabelecidas no bairro há mais de três gerações.

Itaewon, o mais internacional de Seul

Distrito que tem sido o centro da influência cultural estrangeira em Seul, Itaewon se tornou uma atração turística que oferece experiências únicas e facilmente acessíveis sobre a cultura internacional.
Durante a Dinastia Joseon, a área ocupada pela atual Itaewon era preenchida com alojamentos para os viajantes que passavam pela cidade. Na década de 1970, tornou-se famoso entre os comissários de bordo de companhias aéreas estrangeiras, que muitas vezes compravam roupas e produtos de couro sob medida. Agora, Itaewon é um lugar verdadeiramente único em Seul, onde casas noturnas e pubs ficam lado a lado com uma mesquita. O guia World Travel in Seoul,  inclui informações úteis sobre mercados de fim de semana, o programa Village Assistance, festivais e outras oportunidades de turismo em Itaewon, dando aos turistas várias opções para explorá-lo de dia e a noite.

Viagem ao Redor do Mundo em Seul

O guia também contém histórias sobre os países dos cinco continentes (Ásia, Américas, Europa, África e Oceania) que influenciaram Seul longo de sua história.
Para cada continente, há um capítulo separado que introduz distritos em Seul que refletem as culturas dos países em particular. Há histórias sobre o Nepal (que tem relações diplomáticas com a Coreia há 40 anos) e uma descrição de Changsindong, onde situam-se muitos restaurantes nepaleses. Outra seção é dedicada à região da Estação de metrô Hongik University, onde se pode aprender as danças dos países da América do Sul, o continente que é geograficamente mais distante da Coreia.

Estrelas mundiais e seus locais preferidos em Seul

O capítulo “My love Seoul” introduz atrações turísticas de Seul que foram visitadas por celebridades internacionais e pessoas famosas. Há descrições do mercado noturno de Dongdaemun, que foi visitado por Peng Liyuan, esposa do presidente chinês, Xi Jinping, e da aréa da Universidade Hongik, que foi visitada pela estrela pop Beyoncé. Além disto, são citados os vários exemplos de arquitetura, que foram criados por profissionais estrangeiros.

Espaço para relatos e anotações

O guia diferencia-se através do capítulo My note for World Travel in Seoul  (Minhas notas para a volta ao mundo em Seul), que permite aos leitores que visitaram a cidade, a oportunidade de compartilhar suas vivencias.
Depois passear em Seul com base nas histórias apresentadas no guia, os turistas são convidados a escrever sobre suas próprias experiências, criando assim uma outra história sobre a cultura global em Seul. Aqueles que submeterem suas anotações de viagem em qualquer um dos vários centros de informações turísticas localizados em na cidade receberão um brinde.

O guia World Travel in Seoul está disponível nos Centros de Atendimento ao Turista de Seul. A versão online pode ser baixada AQUI.

* Os centros estão localizados em: Aeroporto de Incheon, Gangnam, Gwanghwamun, Namdaemun, Dongdaemun Design Plaza (DDp), Dongdaemun, Myeongdong, Seoul Global Culture Center, Samilgyo, Seoul City Hall, Itaewon, Jamsil e Hongik.

Dica BrazilKorea: Na pagina 69 do guia, onde são citados vários endereços de locais para se apreciar a cultura latina em Seul está o endereço da Escola Alegria – o cantinho mais brasileiro da cidade, que serve feijoada e caipirinha ao ritmo de muito samba.

Fonte: seoul.go.kr

avatar
About Alcina Knabben

Editora Executiva (Florianópolis - SC) - professora universitária, mestre em administração, apaixonada pela Coréia (negócios, maquiagem, comidas e TV) tem se dedicado a importação e a divulgação da cultura coreana.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: