Dolmen / Brazil Korea

Imagem: http://english.visitkorea.or.kr/


Dólmens são monumentos tumulares feitos com grandes blocos de pedras que serviam como lugar de descanso final da classe dominante na Idade do Bronze, sendo considerados não apenas como túmulo, mas também como altares para rituais. A Coreia pode ser considerada o “reino” desses monumentos.

Uma pesquisa estima que existem cerca de 60 mil dólmens no mundo todo e que aproximadamente 30 mil deles estão localizados na península coreana. Na Coreia três lugares são reconhecidos por seus incríveis dólmens:

  • Gochang – Possui os maiores e mais diversificados dólmens. Mais de 440, dos mais diversos tipos, foram registrados na região. Está localizado no centro da Villa de Maesan, ao sul de Seul.
  • Hwasun – Localiza-se ao longo do Rio Jiseokgang. São mais de 500 dólmens registrados nesse sítio.
  • Ganghwa – Situa-se nas encostas das montanhas da Ilha Ganghwa, logo seus dólmens tendem a estar em um nível mais alto do que os de outros locais.

Esses três sítios são considerados Patrimônios da Humanidade, pois preservam evidências de como pedras eram extraídas, transportadas e levantadas para a formação dos Dólmens, bem como as modificações na arquitetura desses monumentos ao longo do tempo no Nordeste da Ásia.

Juntos, Gochang, Hwasun e Ganghwa possuem o maior número e a maior variedade de dólmens do mundo e, segundo a UNESCO, em nenhum outro lugar a tecnologia pré-histórica global e os fenômenos sociais que resultaram no aparecimento de ritos funerários e monumentos rituais construídos de grandes pedras nos 2º e 3º milênios d.C estão mais vividamente ilustrado do que nesses locais.

Fontes: UNESCOCHAKTOWikipédiaAtique aliveKorea be Inspired

avatar
About Rafaela Braga

Editora de Conteúdo (Minas Gerais) - Bibliotecária, apaixonada pelo Oriente (principalmente pela tríade Japão/Coreia/Taiwan), viciada em livros, música, doramas e anime. Tem participado ativamente de fóruns e fansubbers relacionados a cultura asiática.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.