Imagens: AsianWiki

Imagens: AsianWiki

Para esta terceira parte do Especial Kdrama, o BrazilKorea conta mais sobre uma emissora Hoobae1 da TV a cabo coreana, a JTBC.

A Joongang Tongyang Broadcasting Company, mais conhecida pela sua sigla JTBC (제이티비씨), é uma das quatro novas emissoras de TV a cabo da Coreia lançada em, 1º de dezembro de 2011. O principal acionista da JTBC é JoongAng Ilbo (um dos principais jornais coreanos), que no passado foi dono da TBC (Tongyang Broadcasting Company), que operou durante 16 anos, até ter sido forçada a ser mesclada a KBS, emissora que na década de 1980 era operada pelo estado durante o regime militar de Chun Doo Hwan.  Muitos acreditam que a JTBC é “reencarnação” da TBC, mais de 30 anos depois.

Em 2013, foi construído o novo prédio para a emissora na área chamada de Digital Media City, em Seul. Este é um complexo de high-tech para tecnologias digitais, abrigando escritórios de diversas empresas da área. Ainda neste ano, o ex-âncora da MBC, Sohn Suk Hee, foi designado como o novo presidente da JTBC para sua divisão de notícias.

Apesar de relativamente novata, a emissora já possui destaque em alguns de seus dramas: A Wife’s Credentials, Can We Love?, Cruel City, Cruel Palace: War of Flowers e Secret Love Affair.

A Wife’s Credentials – Drama de 2012, com o total de 16 episódios. Conta a história de uma dona de casa comum, Yoon Seo Rae (Kim Hee Ae), que é focada na educação de seu filho, Han Gyeol (Lim Je-O), para que ele tenha um bom caráter, ao invés de focar veemente nos estudos, como é comum em sua cultura, divergindo assim opiniões com seu marido, Han Sang-Jin (Jang Hyun Sung), um repórter. Durante a trama ela se apaixona pelo seu vizinho dentista, Kim Tae Oh (Lee Sung Jae). O drama alcançou uma audiência boa, especialmente em seus episódios finais, chegando a 4.05% no décimo sexto.

Can We Love? – Seu último episódio foi exibido em 11 de março de 2014, com um total de 20. O drama baseado no romance Mother Needs a Man, de Han Kyung Hye, conta a história de 3 mulheres no final de seus 30 anos, sendo uma mãe solteira, uma solteira e uma dona de casa. Yoon Jung Wan (Eugene Kim) é uma mulher que se divorciou após 10 anos de casada e mora com seu filho Han Tae Geuk (Jeon Joon Hyeok). Kwon Ji Hyun (Choi Jung Yoon), é uma dona de casa casada com Lee Gyu Sik (Nam Sung Jin) e que tem uma filha, Lee Se Ra (Jin Ji Hee). Kim Sun Mi (Kim Yoo Mi), é uma solteira elegante. O elenco tem a participação do ator Park Min Woo, que atualmente está no reality show, Roommate. Teve uma boa audiência chegando a 2,7% em seus episódios finais.

Cruel City – Também conhecido como Heartless City, foi um drama exibido em 2013, com um total de 20 episódios. É um drama que foge dos romances coloridos, e coloca a realidade dura e violenta do lado negro da sociedade, abordando temas como tráfico de drogas e prostituição. Conta a história de um policial, que se junta a uma gangue para investigar um caso de tráfico. Jung Shi-Hyun (Jung Kyoung-Ho) fica órfão na adolescência, e se torna um “mensageiro de drogas”, ganhando o apelido de “Doctor’s Son”, ele tem planos de se tornar o chefe do tráfico. Do outro lado temos Ji Hyung Mi (Lee Jae Yoon) que lidera uma equipe especial cujo objetivo é acabar com o tráfico de drogas na cidade, ele namora a determinada policial Lee Kyung Mi (Ko Na Eun).

Cruel Palace: War of Flowers – Também conhecido como Blood Palace, com o excepcional total de 50 episódios. É um drama épico que conta a cruel história escondida da corte real coreana. Retrata as batalhas entre concubinas dentro do palácio real que se voltam para o lado escuro, na tentativa de ganhar o amor e o poder do rei. A história é centralizada em torno da concubina real Jo So Yong (Kim Hyun Joo), que apesar de ser de classe baixa, usa a sua beleza extraordinária e sua inteligência para conquistar a atenção do Rei In Jo (Lee Duk Hwa). O drama alcançou picos de audiência, chegando a 4,98% em território nacional.

Secret Love Affair – Teve seu último episódio exibido em 13 de maio de 2014, com um total de 16. Conta sobre o romance de uma mulher em seus 40 e poucos anos,  e um rapaz em seus 20 e poucos. Oh Hye Won (Kim Hee Ae) é diretora de planejamento da Fundação de Artes Seohan, é elegante e boa negociadora, ela se envolve com Lee Sun Jae (Yoo Ah In), um gênio pianista. Apesar de sua história um tanto não convencional para a cultura coreana, o drama alcançou picos de audiência da TV a cabo, chegando a 5,3% em seu episódio final.

Com dramas não convencionais e suas histórias envolventes, a JTBC está conseguindo aos poucos chegar ao seu objetivo de ser a emissora representante da Ásia, sendo o “Céu dos dramas”. Ela opera na TV a cabo pelo canal 15, sendo também sua programação transmitida por KT SkyLife (satélite de transmissão coreano) e plataformas IPTV (serviço de TV via internet).  Para a lista de dramas da emissora, acesse AQUI.  Acesse o site oficial da emissora AQUI (em coreano).

 

1Hoobae: do coreano 후배, no texto tem significado de ‘novato’.

Nota: Os dados de audiência são da AGB Nielsen Korea. Este é um canal de TV a cabo, que possui menos telespectadores que os de TV aberta, logo a audiência é considerada alta para este tipo de transmissão e deve ser comparada com os outros canais de TV a cabo.

Fontes: AsianWiki, KoreaDrama.Org, DramaWiki

avatar
About Kat

3 Responses to [Especia BrazilKorea] KDRAMA: JTBC – PARTE 3
  1. avatar

    […] pela emissora JTBC em 2012, Happy Ending, narra a historia de Kim Doo Soo (Choi Min Soo), um chefe de família, que […]

  2. avatar

    […] acontece, quando um grande desastre se alastra por Seul? Conheça a nova mega produção do canal  jTBC, D-DAY, que conta com grandes atores como Kim Young Kwang, Jung So Min, e o integrante do grupo […]

  3. avatar

    […] A partir do dia 20 de agosto (quinta-feira), o Centro Cultural Coreano no Brasil realiza o “K-DRAMA Party Day” todas as quintas e sábados na programação a novela coreana “Happy Ending” do canal JTBC. […]


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: