Dooly the Little Dinosaur 아기공룡 둘리 BrazilKorea

Imagem: http://www.korea.net/

No mês de julho, será inaugurado, em Seul, o The Dooly Museum, um museu totalmente dedicado à Dooly the Little Dinosaur (아기공룡 둘리), quadrinho criado pelo artista Kim Soo Jung, que completa 40 anos de carreira em 2015.

Dooly the Little Dinosaur conta a história de um pequeno dinossauro verde, chamado Dooly, que tem poderes sobrenaturais. Ele foi congelado dentro de uma geleira gigante no Pólo Sul, que começou a derreter e foi para no Rio Han, em Seul. Dooly embarca em aventuras com seus amigos e membros da família de Go Kildong, o proprietário da casa onde Dooly e seus amigos começam a viver.

Lançado entre 1983 e 1993 na revista de quadrinhos Bomulseom (보물섬 – Ilha do Tesouro), o manhwa também ganhou uma versão animada, que foi exibida originalmente em 1987 e foi reprisada, posteriormente, em vários anos. A animação foi criada pela emissora KBS e teve, ao total, duas temporadas, com 6 e 7 episódios respectivamente. Uma nova versão da série de TV começou a ser exibida em 2008 e está ate hoje no ar. A nova série é exibida se segunda à sexta as 16:00h (KST) no canal Tooniverse, o primeiro canal coreano totalmente dedicado à animações. Dooly já apareceu em vários doramas famosos, como Master Sun, onde bichinhos de pelucia de Dooly e sua namorada aparecem, A Gentlemen’s Dignity, quando o personagem Collin (Lee Jong Hyun) canta a música tema da animação, e em My Girlfriend Is a Nine-Tailed Fox, quando Dae Woong (Lee Seung Gi) ensina Miho (Shin Min Ah) como serem amigos usando o “hoi hoi”.

O museu de Dooly the Little Dinosaur será inaugurado na metade de julho deste ano no distrito de Dobong, em Seul, e está instalado em um prédio de 3 andares,  dividido em duas partes: uma biblioteca infantil e o museu propriamente dito. Totalmente decorado com a temática da animação, os museu possui imagens de cenas e personagens do quadrinho nas galerias, murais, corredores e ate nos banheiros, além de bonecos em tamanhos reais e imagens em alto relevo. O público poderá visitar uma recriação do estúdio onde o artista trabalhava. O museu está equipado com instalações para crianças, incluindo uma creche e salas de música e jogos, além de uma cafeteria chamada “Salão da Jeongja”, nomeado em homenagem a esposa do personagem Kildong.

Eu queria criar um lugar onde crianças e adultos pudessem se reunir e se divertir. É por isso que eu aderi a construção de um museu, em primeiro lugar. Eu esperava criar um espaço onde as crianças pudessem desfrutar de Dooly e se divertir em sua própria maneira, enquanto os adultos poderiam se lembrar de suas memórias de Dooly ao percorrer o museu. Eu queria mostrar a história de Dooly através da construção de um museu.”, disse Kim Soo Jung ao ser questionado o motivo de não ter construído um parque temático, como geralmente acontece, em vez de um museu para Dooly the Little Dinosaur.

Confira abaixo uma reportagem, em inglês, de 2014 da Arirang TV sobre a popularidade de Dooly the Little Dinosaur, que ultrapassou ate mesmo a famosa animação Pororo em uma pesquisa.

Fontes: Wikipedia, Korea.Net, SICAF

avatar
About Rafaela Braga

Editora de Conteúdo (Minas Gerais) - Bibliotecária, apaixonada pelo Oriente (principalmente pela tríade Japão/Coreia/Taiwan), viciada em livros, música, doramas e anime. Tem participado ativamente de fóruns e fansubbers relacionados a cultura asiática.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: