viajar para seul

Imagem: Alexandre Disaro

Se você acompanha o BrazilKorea já deve ter percebido que desde fevereiro venho postando uma série especial chamada Disaro no BK, com o intuito de estimular você a viajar para Seul.

Sou fotógrafo, estive lá no outono de 2014 e compartilhei esta vivência com você ao longo desses meses. A cidade me surpreendeu tanto que rendeu 21 postagens sobre a minha estadia. Neste último post da série faço um resumo e deixo os links (o link já é o título de cada tópico) sobre cada assunto para que você consiga visualizar a viagem como um todo. Para facilitar a leitura, dividi os assuntos em cinco categorias: planejamento, língua e cultura, turismo, comida e fotografia.

Planejamento
18 dicas valiosas para quem viaja para a Coréia do Sul: dicas testadas e aprovadas por mim. Post super completo e obrigatório para quem pensa em visitar o país. Não deixe de ler!

Planeje sua viagem para Seul – o guia completo: o nome diz tudo. Outro post obrigatório. Top 10 na capital, sugestões de itinerário, onde se hospedar, como se deslocar pela capital, day trips partindo de Seul e informações importantes.

Ônibus em Seul: tudo sobre este meio de transporte que será seu principal aliado junto ao metrô.

Metrô em Seul: tudo sobre este meio de transporte que será seu principal aliado junto ao ônibus.

Lingua e Cultura
Sobre a língua coreana:  Neste post dou noções gerais sobre a língua, disponibilizo links para que você consiga aprendê-la sozinho e ainda endereços para fazer aula na sua cidade.

Como fazer um pedido num restaurante coreano: a comida coreana além de saudável e fresca é deliciosa. Insisto que você a experimente quando estiver por lá. Para impulsioná-lo neste post ensino a ser atendido, distinguir os pratos, fazer o pedido e pedir a conta num restaurante coreano.

Dancheong a pintura coreana dos templos e palácios: maravilhado com a rica pintura que adorna as construções coreanas? Conheça tudo sobre esta incrível arte.

Obangsaek: Já reparou que muitas padronagens de cores se repetem na cultura coreana? Descubra quais são essas cores e os seus significados.

Turismo e atividades
O renascimento do Cheonggyecheon: Esse córrego carrega muita história consigo. É também um marco na política ambiental e reestruturação de Seul, tornando-se um dos principais cartões postais de Seul e exemplo para o mundo todo.

Caminhando pela muralha de Seul: Certamente uma das coisas que mais gostei de fazer. Quando visitei a capital não sabia da existência da muralha e surpreendeu-me algo tão antigo (iniciada no final do século XIV) estar de pé, bem conservado e integrado à cidade.  Recomento que pelo menos caminhe pelos trechos de Namsan e Naksan.

Dongdaemun Design Plaza (DDP): Um marco para o design sul coreano e mundial. O complexo é a maior estrutura dedicada ao design no mundo! É usado para inúmeras exposições e eventos. Dentro há lojas de design aplicado com produtos super criativos e legais.

Festival Internacional de Fogos de Artifício de Seul: Se você estiver na capital no começo de outubro as suas chances de testemunhar este festival são grandes. Sem sombra de dúvidas é maravilhoso e super fotogênico.

Um passeio de bicicleta por Yeouido: conheça a Manhattan de Seul e faça um delicioso passeio de bicicleta pelo seu perímetro. A ilha tem o formato de um olho e todo o seu perímetro é cercado por parques. Lá também é ponto de partida para vários cruzeiros no rio Han.

Monte Nam (Namsan) e a Torre de Seul: Cenário de muitos doramas (novelas coreanas), um dos principais cartões postais da cidade e de grande importância histórica Namsan é parada obrigatória para quem quer viajar para Seul.

Um passeio por Bukchon Hanok Village e duas casas de chá: Outro lugar incrível a ser visitado é a vila hanok de Bukchon. É a única vila que concentra casas tradicionais e ainda serve de moradia – a outra vila, hanok Namsangol é apenas um museu a céu aberto. É também um dos pontos mais visitados da capital.

O Palácio Deoksu (Deoksugung): Serviu de morada para o último rei da monarquia coreana (término em 1910) e é o único dos palácios com influências arquitetônicas ocidentais. É um dos palácios mais centrais e de fácil acesso.

O Palácio Gyeongbok (Gyeongbokgung): Talvez o mais suntuoso dos palácios de Seul. De facílimo acesso é ponto obrigatório de visita. Há belíssimos exemplos de dancheong (pintura tradicional em templos e palácios) e a imensa estrutura transporta o visitante para o passado.

Conheça dois bairros de entretenimento em Seul: Seja dia seja noite Hongdae e Myeongdong fervilham. Ambos são dois lugares bem conhecidos e procurados por locais e turistas. Viajar para Seul é conhecer Hongdae, que tem uma cena mais alternativa e Myeongdong mais comercial. Ambos são super legais e merecem ser visitados.

Comida
Comida de rua em Seul: qualquer pessoa que visite a capital sul-coreana se passará por algum vendedor de comida nas ruas – os pojangmacha. As comidas são deliciosas e baratas.Esteja você viajando com um orçamento contado ou não, é obrigatório parar numa barraquinha e comer algo. Neste post, além de contar quem são os vendedores listo um menu de rua com detalhes sobre os pratos. Imperdível!

Mercado de Gwangjang: Conheça a Meca das comidas de rua. Ao lado do Cheonggyecheon há o mercado mais antigo de Seul. Durante o dia, é famoso pelos seus tecidos e hanboks. À noite, duas de suas ruas cobertas se transformam num paraíso para locais e turistas experimentarem vários tipos de comida a bons preços.

Fotografia
Fotografia de rua em Seul: cinco dicas super interessantes para você melhorar sua fotografia de rua em qualquer lugar. Uso Seul como exemplo pois estava lá. Afinal, viajar para Seul é sinônimo de muitas fotos.

Acesse os posts completos no Viver a Viagem e veja todas as fotos.
Siga a página no Facebook e no Instagram.

Muito obrigado pelo carinho!!

Até a próxima pessoal!

avatar
About Alexandre Disaro

Editor associado (São Paulo) - Internacionalista de formação e fotógrafo por opção. Gosta de viajar e conversar sobre; cozinhar para amigos; passar horas praticando caligrafia; aprender idiomas; escrever; estudar bandeiras e tomar chá. www.alexandredisaro.com (site como fotógrafo) www.disaro.co (site do blog de viagem)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: