dicas para quem viaja a Coreia

Imagem: Alexandre Disaro

Quanto mais nos distanciamos da nossa cultura, mais desafiador pode ser planejar uma viagem. Seja pela barreira linguística seja pelo demorado voo, ir à Coreia do Sul parece um destino distante de muitos. Contudo, fazer uma viagem para lá é mais fácil do que você imagina. Para auxilia-lo na elaboração de um roteiro compartilho 18 dicas para quem viaja a Coreia testadas e aprovadas.

Dicas para quem viaja a Coreia do Sul‏

Como chegar à Coréia do Sul?
A maneira mais fácil de se chegar à Coréia do Sul é de avião. Há nove aeroportos internacionais espalhados pelo país. Outra opção interessante é chegar de ferry vindo de algum país vizinho.

Alugue um pocket wi-fi
Já ouviu falar do pocket wi-fi? Ele funciona como um roteador portátil que capta o sinal 4G e o distribui para os equipamentos que você conectar.

Aprenda o básico de coreano
Muitos jovens falam inglês na Coréia do Sul. Contudo, aprender um pouco do idioma é fundamental. Você não necessariamente precisa adquirir fluência para visitar o país. Confira o post sobre como aprender coreano.

Informações turísticas gratuitas por telefone
Há na Coréia do Sul dois serviços super interessantes para se obter respostas a diversos questionamentos sobre atividades do dia-a-dia e informações turísticas gratuitamente: o Dasan Call Center e o Korea Hotline. O Brazil Korea tem um post especial para esta dica, acesse-o aqui.”

Chegou por Seul? Saiba como ir do aeroporto ao centro
Seul tem dois grandes aeroportos internacionais. O acesso do aeroporto ao centro de Seul é feito de trem, metrô, ônibus ou taxi.

Conheça as lojas de conveniência
Quando estiver na dúvida de onde achar algo ou comer algo barato dirija-se a uma delas. Vendem de tudo um pouco, inclusive comidas quentes e bebidas.

Saiba onde fica a embaixada brasileira
Teve o seu passaporte perdido ou roubado? Saiba chegar à embaixada brasileira para solicitar um novo. Contate a seção de passaportes da embaixada em Seul por telefone ou e-mail.

Acesse o post completo no Viver a Viagem, veja fotos, leia essas e outras 11 dicas na íntegra.
Siga minha página no Facebook e Instagram.

Até mais!

avatar
About Alexandre Disaro

Editor associado (São Paulo) - Internacionalista de formação e fotógrafo por opção. Gosta de viajar e conversar sobre; cozinhar para amigos; passar horas praticando caligrafia; aprender idiomas; escrever; estudar bandeiras e tomar chá. www.alexandredisaro.com (site como fotógrafo) www.disaro.co (site do blog de viagem)

One Response to [Disaro no BK] 18 dicas para quem viaja a Coreia do Sul‏
  1. avatar

    Querem um conselho? Vão sem saber nada. Sim aventurem-se, eu estive lá em 2010 e fiz isso e me dei muito bem.
    Usem muito o metro porque as linhas estao tao bem elaboradas que vos levam diretamente aos melhores pontos turisticos sem muito esforço. Se querem pesquisar roteiros vejam as linhas e nas estaçoes o que ha para visitar e assim conseguirao usufruir do melhor eu garanto! O meu unico desafio extra metro foi a nam san tower mas com um ingles basico chega-se lá, agora amigos que sabem ingles avançado como eu, nao se fiem em ingles porque posso dizer que uns 80% da populaçao nao tira nada de ingles e os 20 % restantes arranham um pouco portanto linguagem gestual mode on. Sejam simpaticos e encontrarao gente maravilhosa eu adorei as pessoas eram do melhor. Se forem e quiserem poupar e usufruir do melhor procurem hoteis como o que eu estive em incheon que tem varias horas durante o dia autocarro para o aeroporto por exemplo, comigo foi assim e eu sempre aproveitava esse serviço gratis saindo no aeroporto e entrando diretamente no metro para visitar pontos turisticos em seul ia todos os dias de incheon para seu (conselho de um amigo que fiz que trabalhava nesse dito hotel, eu ia pedir um taxi para seul e ele sugeriume muito bem essa alternativa onde consegui gozar 10x mais gastando 10x menos). E esqueçam os fast foods, comam a beira mar em restaurantes tradicionais é uma experiencia fantastica e é claro nao se esqueçam de visitar a nam sam tower e o lotte world valem muito a pena para lá de outros lugares mas esses e o kyobo library são obrigatorios.


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: