Áreas Históricas de Baekje

Imagem: whc.unesco.org/en/

Em julho de 2015, oito áreas históricas de Baekje foram nomeadas, coletivamente, como Patrimônio Mundial, tornando-se 12º Patrimônio da Coréia na lista da UNESCO. Conheça mais sobre o mais novo Patrimônio Mundial localizado na Coreia.


O reino de Baekje foi fundada por Onjo, o terceiro filho de Jumong, fundador do reino Goguryeo, e So Seo No, em Wiryeseong (atual sul de Seul) e era um dos 3 primeiros reinos que dominaram a península coreana entre 18 aC a 660 dC. O reino de Baekje, alternadamente, lutou e se aliou com os reinos de Goguryeo e Silla, enquanto os três reinos expandiam seus controles sobre a península. Em seu auge, no século 4, Baekje controlava a maior parte da península ocidental coreana. Tornou-se uma significativa potência marítima na região, tendo relações políticas e comerciais com a China e o Japão. Em 660, foi derrotado por uma aliança do Reino Silla com a dinastia chinesa Tang, sendo submetido ao Reinado Unificado Silla.

Localizada na montanhosa região Centro-Oeste da República da Coreia, as áreas históricas de Baekje, recém intituladas Patrimônio Mundial, são compostas por oito sítios arqueológicos que datam 475-660 DC e que, juntos, representam o período do Reino Baekje. Segundo Na Sun Hwa, chefe da Administração do Patrimônio Cultural, uma agência governamental de patrimônio cultural: “Baekje tinha extensos intercâmbios culturais com a China, Japão e Sudeste da Ásia através do mar. Como resultado, Baekje formou uma cultura elegante, rica e proeminente, com uma mente internacional. Agora podemos compartilhar esse valor com as pessoas no mundo, visto que ele é reconhecido globalmente“.

Em abril de 2015, em comemoração a inscrição das áreas históricas de Baekje à Patrimônio Mundial, a cidade de Buyeo criou um novo roteiro turístico pela região. Os passeios pela cidade consistem em três rotas principais, que operarão entre março e novembro de cada ano. A primeira rota funciona aos sábados e inclui o distrito histórico de Baekje e apresentações de música tradicional. A segunda rota funciona aos domingos e se concentra mostrar o ginseng coreano e em outros aspectos da antiga cultura de Baekje. A terceira rota funciona somente as sextas-feiras do mês de agosto e é uma extensão da segunda.

Também a partir deste mês, a empresa Lotte lançou passeios, que funcionam as sextas-feiras e partem do Lotte Buyeo Resort. E são oferecidos no período da manhã e da tarde, com diferentes rotas.

Custo dos passeios:
* Rota 1 – 12,000 won
* Rota 2 – 11,000 won
* Rota 3  – 12,000 won
* Rota Matutina Lotte  – 5,000 won
* Rota vespertina Lotte – 8,000 won

Informações: +82-41-830-2330 (Coreano, inglês, japonês, chines)   / Site:  tour.buyeo.go.kr (Coreano)

Confira abaixo a reportagem da Arirang TV anunciando a inclusão das áreas históricas de Baekje na lista de Patrimônio Mundial da Humanidade, da UNESCO.

Fontes: VisitKorea, The Korea Herald, UNESCO e Buyeogun

avatar
About Rafaela Braga

Editora de Conteúdo (Minas Gerais) - Bibliotecária, apaixonada pelo Oriente (principalmente pela tríade Japão/Coreia/Taiwan), viciada em livros, música, doramas e anime. Tem participado ativamente de fóruns e fansubbers relacionados a cultura asiática.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.