Direito de imagem do http://entretenimento.band.uol.com.br/galeria/?id=1000006644

Direito de imagem do http://entretenimento.band.uol.com.br/galeria/?id=1000006644

O interesse pela Ásia tem sido crescente, e com a facilidade dos meios de comunicação rápida, que temos hoje em dia, assistimos cada vez mais a ascensão e influência, em meio aos jovens da cultura Asiática… E a Coreia do Sul esta inserida, com ênfase, nesse contexto, pois a cultura coreana caiu no gosto dos jovens brasileiros. E tudo isso acontece de forma que, para quem esta, desatento, pode até imaginar: – Imagina, como que um País tão distante, e de grande diferença cultural, esteja contribuindo ou participando da rotina da vida dos brasileiros? Engana-se completamente, quem pensar dessa forma, pois eles estão sim, e muitas vezes, acontece tão veladamente, que você nem percebe, mas a Coreia, faz parte do nosso dia a dia sim! E estão presente em diversos setores; do comércio, da indústria e na área do Entretenimento, e contribuem muito, garantindo empregos de maneira, formais e informais, dentro desses setores. Mas como e quando, tudo isso começou  acontecer?

A comunidade coreana é um dos mais recentes grupos de imigrantes em nosso País, em número considerável, a imigração de coreanos, se deu por volta, do início dos anos 60, se bem que, há registros de cidadãos coreanos imigrantes, especialmente pequenos grupos familiares, chegados na década de 1950, que se instalaram na Baixada do Glicério, e ali moraram e abriram seus negócios, com o passar do tempo a comunidade começou a mudar seu comércio para tradicionais bairros, como o Brás. O bairro preferido dos coreanos para morar passou a ser a Aclimação. Já nos anos 90, o comércio atacadista de produtos mais baratos se fixou no Brás, enquanto as lojas das confecções coreanas voltadas para a moda feminina migrou para o Bom Retiro, levando assim um grande numero de imigrantes coreanos a fixarem suas residências nesse bairro. Estima-se que 80% dos coreanos instalados no Brasil trabalhem na área da confecção de vestuário e que de que de cada três peças de moda feminina feitas no Brasil, uma delas é feita por empresa da comunidade coreana. Percebeu que a comunidade coreana, não precisou de muito tempo para deixar sua marca no cotidiano das grandes metrópoles do Brasil.

Com os imigrantes Sul-coreanos, veio a semente dessa cultura, que em pouco tempo, acabou germinando em solo brasileiro, e é denominada hoje por: “Hallyu”, (Nome dado a esse “Boom” da cultura deles pelo mundo), através da exportação de suas novelas (Dramas), dos filmes, da música “Pop”, que é conhecida aqui como K-POP, dos Manhwa (histórias em quadrinhos, ilustrações e animações, destinados a jovens adultos), bem como a diversidade da sua gastronomia, pois com a nova geração desses imigrantes, já nascidos em solo brasileiro, que acabaram por transitar e interagir com nossos jovens, e dessa convivência, acontece uma intensa troca cultural, assim rompem-se barreiras, e aflora nos brasileiros, o gosto pela cultura fascinante desse País. (fontes)

– Texto: http://www.labeurb.unicamp.br/elb/asiaticas/leiamais_coreano.htm

–  Imagem: http://entretenimento.band.uol.com.br/galeria/?id=1000006644

avatar
About Lamara

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: