Parada LGBTQ de Seul

Imagem: http://www.koreaherald.com

A primeira parada LGBTQ da Coreia do Sul aconteceu em 2000, e contou apenas com 50 pessoas.  Dezoito anos depois o movimento cresceu e tomou forma, reunindo 120 mil pessoas em 9 dias de festa.

O festival deste ano teve como tema:  Queeround.  “Queeround” é um termo que pode significar “pessoas queer cercando outras pessoas para criar uma nova era para a comunidade queer”.  O evento acontece na praça Plaza no centro de Seul desde a primeira edição.

A homossexualidade não é ilegal na Coreia do Sul, mas atualmente não existe legislação que proíba a discriminação. As uniões de pessoas do mesmo sexo permanecem ilegais e mais de 220 mil coreanos assinaram uma petição online contra a parada desse ano. Contudo, esse ano contou com cerca de 105 estandes montados por vários grupos pró-LGBTQ. Os principais sendo: o Green Part Korea, o Google Korea e os Pais e Famílias de LGBTQ na Coreia.

A parada contou com uma presença muito especial, o grupo LGBTQ católicos. O grupo nunca havia participado formalmente da parada, mas realizava reuniões sociais pelos últimos 18 anos.  A ideia surgiu ao ver que apenas comunidades protestantes e budistas LGBTQ participavam das paradas, assim surgiu à vontade de mostrar a comunidade católica LGBTQ. Outro grupo também se uniu pela primeira vez a parada foi  “cavaleiros do arco-íris”, motociclistas que lideraram a parada deste ano.

Neste ano, o evento contou com a drag queen Kuciia Diamant para animar a multidão. Também contou com  o cantor e compositor e DJ Ginger Pop e a equipe de performance “Star Hill”. Star Hill é um grupo de drag queens que fazem  performances especiais inspirada em Beyoncé para eventos pró-LGBTQ.

Para saber mais sobre o festival: SQCF  *o site só tem as opções de línguas em inglês e coreano

Fontes: Korea Herald, First Post.

 

avatar
About Lia Carvalho Kesselring

Editora de conteúdo (Brasília) – Futura Internacionalista, mineira germânica candanga. Gosta de 4Minute (K-pop) à Mozart, de Personnal Taste (k-drama) à Game of Thrones, e de Bulogi (churrasco coreano) à Queijo com Doce de Leite.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.